Notícias

A segunda edição da Revista VoICE International, da Rede Mundial de Educação do Eleitor VoICE.NET (Voter Information, Communication & Education Network), traz o artigo "Women Participation in Politics", escrito pelos professores da Escola de Direito de Brasília (EDB/IDP) Adisson Leal e Fábio Quintas. No texto, os autores tratam da ainda incipiente participação feminina na política brasileira, abordando a legislação em vigor e ações recentes sobre o assunto. Acesse a publicação clicando aqui.

A VoICE.NET é uma organização criada pela Comissão Eleitoral da Índia, que reúne órgãos eleitorais de 27 países, entre eles o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A publicação da VoICE.NET, que tem periodicidade trimestral,  busca promover a educação,  a informação e a comunicação entre eleitores do mundo.

*Texto com informações do TSE*

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL realizará no dia 30 de junho, na sede da ANEEL em Brasília, um seminário sobre o futuro no atendimento/relacionamento com o consumidor. O Seminário abordará as tendências de transformação digital no atendimento, buscando discutir a evolução do perfil dos consumidores e como o uso da tecnologia pode efetivamente proporcionar uma melhor experiência e tornar o atendimento mais eficiente. 

Ricardo Morishita, professor da Escola de Direito de Brasília, participará do evento, onde abordará o tema: “O consumidor (CDC) e os novos canais de atendimento”.

Para mais informações, acesse: http://www.aneel.gov.br

A professora da Escola de Direito de Brasília (EDB/IDP) Marilda de Paula Silveira assume neste semestre o cargo de representante dos docentes e presidente da Comissão Própria de Avaliação (CPA/IDP).

A comissão foi criada nos termos do artigo 11 da Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004 e tem como função conduzir os processos de avaliação internos e propor melhorias para a Instituição.

Periodicamente a CPA coleta dados junto à comunidade acadêmica e à sociedade civil, considerando os cinco eixos de avaliação propostos pelo MEC. A partir de análise criteriosa dessas informações são propostas ações no âmbito da gestão, de infraestrutura e de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

No dia 14 de junho, o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) realizará a palestra As repercussões do CPC-2015 face ao direito privado: a tensão entre interesse público e o direito de liberdade, com os advogados Nelson Nery Junior e Georges Abboud.

O encontro, que acontecerá na Sala 001, também foi organizado para anunciar Abboud como o novo integrante do corpo docente do Mestrado Acadêmico em Direito Constitucional da Escola de Direito de Brasília (EDB/IDP).

George Abboud é Doutor e Mestre em Direitos Difusos e Coletivos pela PUC-SP. Professor do mestrado e doutorado da Faculdade Autônoma de São Paulo. FADISP. Professor do curso de graduação da Pontifícia Universidade Católica de São, PUC-SP. Membro do Conselho Editorial da Revista de Direito Privado, RT. Advogado sócio do escritório Nery Advogados. Consultor Jurídico. Clique aqui para acessar o lattes completo.  

O Mestre e Doutor em Ciência Política pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP João Paulo Bachur assume neste semestre a Coordenação Acadêmica do Mestrado Acadêmico em Direito Constitucional da Escola de Direito de Brasília (EDB/IDP).

Bachur é graduado em direito pela USP e formou-se profissionalmente como advogado no escritório Lilla, Huck, Otranto, Ribeiro, Camargo & Messina, em São Paulo, tendo atuado nas áreas de direito societário e tributário (2000-2002).

O Doutor foi pesquisador visitante do Instituto de Filosofia da Universidade Livre de Berlim com bolsa de pós-doutorado da Fundação Alexander von Humboldt (2012-2013). Atuou como professor voluntário do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília - UnB (2005-2007, 2010, 2015).

Com experiência acadêmica em direito, teoria política, sociologia e filosofia da linguagem, tem publicações nacionais e internacionais nessas áreas. É servidor público federal da carreira de especialista em políticas públicas e gestão governamental (desde 2007), com atuação nas áreas de assessoria jurídica, processo legislativo e gestão pública.

Clique aqui para ler o currículo completo do Dr. João Paulo Bachur.

 

No dia 31 de maio, o ministro e vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli e a ministra da Corte Constitucional Alemã Sibylle Kessal-Wulf vão participar do Seminário Jurisdição Constitucional e Estado Democrático de Direito: Debates Atuais no Brasil e na Alemanha, realizado pelo Centro de Direito, Internet e Sociedade (Cedis/IDP) com o apoio da Embaixada da Alemanha. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do STF, Gilmar Mendes, fará a abertura do evento.

A aluna da Escola de Direito de Brasília (EDB/IDP) Naiara Regina Hermógenes de Oliveiro conquistou a primeira colocação na categoria “Estudante” do Concurso de Artigos do XV Congresso Internacional de Direito Constitucional, com o artigo “Realismo Jurídico: Percepções e Mitos na Teoria da Decisão”. O concurso premiou em dinheiro a aluna, que também publicou o artigo no livro do Congresso. 

O XV Congresso Internacional de Direito Constitucional foi promovido pela Escola Brasileira de Estudos Constitucionais (EBEC) nos dias 18, 19 e 20 de maio, no Centro de Convenções de João Pessoa/PB. 

O evento teve como tema central “Hermenêutica e Jurisdição Constitucional”, em homenagem a Lenio Luiz Streck. Tendo como palestrantes, além do homenageado, Nelson Nery Jr., Ingo Sarlet, Eduardo Arruda Alvim, José Eduardo Cardoso, dentre outros.

 

 

A Escola de Direito de Brasília do Instituto Brasiliense de Direito Público (EDB/IDP) abre, nesta terça-feira (23), inscrições para o vestibular tradicional do segundo semestre de 2017. O processo seletivo, detalhado no edital, compreenderá provas de conhecimento, mediante a aplicação de prova objetiva e de prova de redação e consistirá na avaliação de conhecimentos comuns às diversas áreas do Ensino Médio. O vestibular compreende duas provas: de conhecimentos gerais, com 40 questões objetivas, de múltipla escolha, e de redação em língua portuguesa. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de junho. Clique aqui para baixar o edital.

A EDB/IDP disponibilizará 50 vagas em uma turma de ingresso, no período matutino (das 8h às 11h40), com duração de 10 semestres letivos; e 50 vagas, em uma turma de ingresso, no período noturno (das 19h às 22h40), com duração de 10 semestres letivos.

A EDB/IDP tornou-se uma instituição de referência no Brasil por aliar tradição, inovação e corpo docente qualificado e diferenciado ao ensino de excelência. No ano de 2014, a graduação em Direito da EDB teve suas boas práticas em ensino, pesquisa e extensão reconhecidas pelo MEC, que atribuiu conceito 5 ao curso. Em 2015, a EDB passou por avaliação de todos os níveis de ensino e de organização institucional, recebendo, também no processo de recredenciamento, conceito 5.

Com um índice de aprovação de 65,12% no último Exame da OAB, a EDB/IDP obteve o melhor resultado do DF na prova e, pela primeira vez na história, ultrapassou a Universidade de Brasília (UnB) se consolidando na primeira colocação geral. O crescimento alto em relação a outras instituições de ensino aponta para uma série de ações diferenciadas realizadas pelo instituto.

Mais informações: http://www.idp.edu.br/direito/

A Clínica de Direito Constitucional do Instituto Brasiliense de Direito Público visitou nesta segunda-feira (22) o Hospital da Criança de Brasília José Alencar. Os alunos da EDB/IDP foram recepcionados pelo Superintendente Executivo Adjunto Gilson Andrade e pela Diretora Técnica do hospital Dra. Isis Magalhães.

Após apresentarem as dependências físicas do hospital, a direção contou a história de mais de 30 anos do projeto em conjunto com a ABRACE e relatou o momento atual de dificuldades. O hospital é gerido por uma organização social (OS) que vem sofrendo questionamentos judiciais pelo Ministério Público do Distrito Federal.

O professor Rafael Araripe Carneiro destacou que a Clínica do IDP é um núcleo de prática jurídica voltado para litígios estratégicos de repercussão social e o tema da gestão dos serviços públicos por organizações sociais é de extrema importância. “Não se pode ter preconceitos com as novas formas de gestão dos serviços públicos, pois o que deve ser prestigiado é a eficiência em benefício dos cidadãos. A academia deve acompanhar esse debate. Em outubro do ano passado o IDP realizou importante seminário sobre essa temática e agora fomos convidados a conhecer de perto o resultado do modelo de gestão”.

 

A Escola de Direito de Brasília do Instituto Brasiliense de Direito Público (EDB/IDP) publica nesta segunda-feira (22) o edital do VII Simulado do IDP. A prova, que será realizada no dia 3 de junho, consiste em um Processo de Avaliação Discente para os alunos integrantes do 5º ao 10º semestres do curso de graduação em direito. Os estudantes podem se inscrever até o dia 31 de maio. 

Além de ser uma avaliação institucional, que permitirá aferir o desempenho do curso e do corpo discente, o exame também tem o objetivo de preparar o futuro egresso do curso para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), assim como para o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE). A prova abrangerá parte do conteúdo já ministrado no curso até o momento.

O VII Exame Simulado do IDP consistirá na realização de prova objetiva acerca de todas as matérias da matriz curricular já cursadas pelos alunos, aplicada em uma só etapa, de caráter classificatório geral, com 70 questões de múltipla escolha retiradas de certames públicos nacionais e das provas da OAB, para os simulados dirigidos ao 8º, 9º e 10º semestres, e com 60 questões de múltipla escolha retiradas de certames públicos nacionais e das provas da OAB, para os simulados dirigidos ao 5, 6º e 7º semestres.

Confira o edital completo no arquivo abaixo:  pdf IDP VII Simulado 2017 01 Edital (147 KB)